Notícias

Mês do empreendedor: 5 desafios para a abertura de uma empresa no Brasil

A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

No último dia 05 de outubro, foi comemorado o dia do empreendedor no Brasil, um agente essencial para a geração de empregos, renda e movimentação econômica do país. E, mesmo com uma série de desafios que precisam ser enfrentados diariamente, empreender é o sonho de milhões de brasileiros.

Segundo dados do Mapa de Empresas – documento elaborado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) em parceria com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) –, já são mais de 21 milhões de CNPJs ativos em todo o território nacional. 

E, só no âmbito dos pequenos negócios, aproximadamente 8 em cada 10 empregos foram gerados por PMEs em 2022, segundo levantamento do Sebrae feito com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). 

Além disso, abrir seu próprio negócio é a principal motivação profissional de quase 50% dos brasileiros, de acordo com pesquisa do Sebrae.

Mas, para ter sucesso nessa jornada é fundamental que o empreendedor conheça os desafios que fazem parte dessa trajetória, justamente para que possa traçar estratégias que o auxiliem a superar obstáculos e permitam que sua empresa cresça de modo sustentável, com visão de longo prazo. 

Pensando nisso, no artigo de hoje, nós separamos 5 desafios importantes que o empreendedor precisa considerar no processo de abertura do seu negócio.

Boa leitura!

  1. Abertura da empresa

Para começar, o próprio processo de abertura da empresa pode ser um tanto desafiador e burocrático, a depender do conhecimento do empreendedor acerca dos documentos necessários para a formalização de seu negócio e do enquadramento fiscal do empreendimento.

Com exceção do MEI – que conta com um modelo de abertura mais simplificado, mas que ainda assim, recomenda-se a busca de suporte contábil nesse processo –, via de regra, o empreendedor deverá se atentar para a elaboração e preenchimento de documentos como o contrato social, obtenção de registros nas juntas comerciais e prefeituras, além da obtenção de alvará de funcionamento.

O apoio especializado também é importante para o preenchimento correto de dados como o CNAE e para a escolha estratégica do regime tributário.   

  1. Cálculo de impostos

Você sabia que as empresas brasileiras gastam, em média, mais de 1500 horas por ano apenas para calcular impostos e obrigações que fazem parte de seu calendário fiscal – conjunto de tributos que elas precisam pagar mensalmente ou dentro de determinados períodos?

Nesse sentido, o cálculo de impostos é um dos principais desafios que o empreendedor precisa considerar no processo de abertura do seu negócio e na posterior gestão fiscal.  

  1. Mudanças fiscais

E por falar em gestão fiscal, não basta calcular impostos: é preciso acompanhar as mudanças tributárias do país que ocorrem em ritmo acelerado e que podem afetar tanto o ambiente de negócios como um todo quanto determinados segmentos de mercado.

Para termos uma ideia desse contexto, segundo um estudo do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação) desde que a Constituição Federal foi promulgada em 1988 até 2021 (data da pesquisa), mais de 320 mil normas tributárias foram criadas.

O que dá uma média impressionante de 46 mudanças fiscais a cada dia útil e reforçam, mais uma vez, a importância do suporte contábil especializado para as empresas do país. 

  1. Gestão financeira

Seguindo com nossa lista, outro dos desafios do empreendedor envolve o acompanhamento e a gestão financeira: segundo o estudo Causa Mortis do Sebrae, por exemplo, falhas diversas no gerenciamento das finanças estão entre as principais razões para o fechamento de um negócio nos seus primeiros cinco anos.

Afinal de contas, sem uma gestão financeira eficiente – que envolve o acompanhamento detalhado das contas a pagar e a receber, o pagamento em dia de funcionários e fornecedores, e a própria gestão de documentos fiscais – é bem provável que o empreendedor perca o controle de suas finanças e mine suas chances de crescimento no longo prazo.  

  1. Carga tributária

Finalmente, a carga tributária do Brasil é um dos grandes desafios do empreendedor no ambiente de negócios nacional. Para termos mais clareza sobre esse ponto, a arrecadação tributária da Receita Federal somou nada menos que R$ 2,2 trilhões, dado que indica um aumento de 8,1% no volume de impostos no comparativo com 2021. 

Além disso, em toda a América Latina, o Brasil só paga menos impostos do que Cuba, segundo a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

Ou seja: dentro do planejamento para a abertura de uma empresa, o empreendedor deverá considerar estratégias para se manter competitivo e, ao mesmo tempo, quitar com suas obrigações de modo a continuar em dia com o Fisco. 

Empreendedor: conte com a bwise para superar os desafios do seu negócio!

Compartilhe o conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on whatsapp
Wellington Calobrizi

Wellington Calobrizi

Fundador na Calobrizi Holding

Comentários

Posts Recentes

Siga-nos

Assine a nossa newsletter

Este site usa cookies para melhorar a experiência de navegação Ao continuar, você nos dá permissão para implantar cookies de acordo com nossa Política e privacidade de cookies.