Notícias

5 dicas para um planejamento tributário assertivo para a sua empresa

A VPN is an essential component of IT security, whether you’re just starting a business or are already up and running. Most business interactions and transactions happen online and VPN

Você já ouviu falar de planejamento tributário e, se sim, entende a sua importância? Fato é que, mesmo com o avanço da Reforma, o Brasil segue como um dos países mais onerosos em matéria de impostos para as empresas – além disso, em termos de estrutura do sistema fiscal e da sua complexidade, ainda viveremos um longo período de transição que exige atenção por parte das empresas.  

Sobre a questão da carga tributária nacional, de acordo com ranking da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), por exemplo, os contribuintes brasileiros só pagam menos tributos do que em Cuba no contexto da América Latina. 

Dentro desse contexto, estratégias de planejamento tributário são fundamentais para a realidade de empresas de médio, grande porte ou em fase de expansão para regimes mais complexos.

Pensando nisso, no novo artigo da bwise, separamos algumas dicas para apoiar sua organização. Boa leitura!  

Planejamento tributário: o que é?

Antes de mais nada, é interessante que as organizações entendam a importância e o real sentido do conceito de planejamento tributário.

De modo geral, trata-se da realização de um estudo com o objetivo de encontrar e entender meios legais – ou seja, que estejam suportados por legislação fiscal brasileira – que possibilitem a diminuição da carga de impostos sobre produtos e/ou serviços de uma empresa. 

Vale ressaltar que a própria legislação oferece incentivos fiscais que facilitam o processo, mas que nem sempre são de conhecimento público e, portanto, acabam não sendo aplicados pelas empresas.

Além disso, o próprio estudo dos regimes tributários do país – e de quais negócios podem se enquadrar em sua sistemática – é uma etapa importante para avaliar se sua empresa não está deixando de usufruir de benefícios de regimes menos onerosos, como no caso do Simples Nacional. 

5 dicas para otimizar o planejamento tributário

Apresentado esse contexto, vejamos 5 dicas essenciais para o desenho estratégico de um planejamento tributário!

  1. Analise o contexto fiscal da sua empresa

O primeiro passo do planejamento tributário envolve um estudo detalhado do contexto fiscal presente do seu negócio. Qual o regime utilizado por sua empresa? Como anda a organização dos documentos fiscais e a gestão do calendário de entregas para a Receita, órgãos estaduais e municipais? Há pendências ou autuações a serem sanadas?

Essa primeira análise é fundamental para que se definam os caminhos que irão trazer mais segurança fiscal para a organização e, consequentemente, apoiar um crescimento sem riscos futuros.

  1. Estude possibilidades para o aproveitamento de créditos fiscais

Ainda no âmbito do estudo do cenário fiscal da sua empresa, outra etapa importante consiste numa verificação da possibilidade de aproveitamento de créditos fiscais que, eventualmente, podem reduzir o impacto da carga tributária do seu negócio e trazer mais fôlego para o caixa da empresa.

Com o apoio de especialistas, nesse sentido, avalie se há alternativas para a restituição, reembolso de tributos, compensação ou mesmo para o ressarcimento de impostos pagos a maior – uma prática comum diante da complexidade do sistema tributário nacional. 

  1. Acompanhe as mudanças da legislação tributária

A velocidade das mudanças fiscais do país é, ao mesmo tempo, um dos maiores desafios de nosso sistema tributário e uma necessidade premente dos processos de planejamento.

Para termos uma ideia desse cenário, o IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação), a cada dia útil, o Brasil cria em média 46 novas regras relacionadas aos tributos vigentes no país.

  1. Digitalize os departamentos fiscais e contábeis

E para acompanhar tantas mudanças, o apoio da tecnologia se torna um diferencial competitivo para as empresas – e, na realidade de grandes organizações, é praticamente inimaginável contar com um departamento tributário que não possua sistemas digitalizados para a gestão fiscal. 

  1. Busque o suporte de uma consultoria especializada

Tomada de decisões estratégicas: toda empresa que almeja crescer no complexo ambiente fiscal e de negócios do país, precisa avaliar, com critério, cada passo de sua jornada no mercado, de modo que as organizações possam se adaptar às transformações que fazem parte de todo processo de expansão.

Dentro desse contexto e levando em conta uma abordagem personalizada que considera os desafios e perfis de cada um dos nossos clientes, a bwise oferece uma série de serviços de consultoria e advisory para apoiar as organizações a alcançarem o sucesso com sustentabilidade financeira e governança fiscal.

Para tanto, contamos com uma equipe com mais de 20 anos de experiência no mercado, sólido conhecimento técnico e suporte de softwares de ponta.

Veja alguns dos serviços oferecidos pela bwise contabilidade no âmbito do planejamento e da consultoria tributária:

  • Estudo de cenários de risco;
  • Digitalização de departamentos contábeis, fiscais e financeiros;
  • Análise de créditos tributários;
  • Apoio em processos de reestruturação financeira… e muito mais.

Conte com uma startup disruptiva de contabilidade digital para apoiar sua organização em processos estratégicos de planejamento tributário e bons negócios!

Compartilhe o conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on whatsapp
Wellington Calobrizi

Wellington Calobrizi

Fundador na Calobrizi Holding

Comentários

Posts Recentes

Siga-nos

Assine a nossa newsletter

Este site usa cookies para melhorar a experiência de navegação Ao continuar, você nos dá permissão para implantar cookies de acordo com nossa Política e privacidade de cookies.